Brasil

Publicada em 11/07/18 às 02:17h - 43 visualizações
Com frio curitibano, Defesa Civil alerta para uso correto de aquecedores
Aparelhos elétricos ou que utilizam óleo podem causar acidentes sérios se usados de forma errada

CAPITAL RÁDIO WEB


tenha cuidados.  (Foto: Pixabay))

Com as baixas temperaturas do inverno curitibano, muitas pessoas veem nos aquecedores a solução para não sofrer tanto na hora de trocar de roupa ou tomar banho, por exemplo. É preciso, no entanto, ficar atento para as dicas de segurança ao usar esse tipo de aparelho, segundo a Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil de Curitiba.

Uma causa comum de acidentes, que pode até mesmo causar a morte, é a queima de algum tipo de combustível para aquecer pequenos ambientes, que produz monóxido de carbono. “Os aquecedores que utilizam óleo têm essa característica. Esse gás é tóxico, por isso, se a pessoa permanecer com ele em um lugar fechado, pode ser que fique intoxicada. O ideal é deixar o cômodo arejado, com uma fresta da janela ou porta aberta”, explicou Rodrigo Alípio, representante da Defesa Civil, em entrevista à Banda B nesta terça-feira (10).

Engana-se, no entanto, quem acha que os perigos param por aí. De acordo com Alípio, os aquecedores elétricos também causam acidentes se usados de forma incorreta. “No caso deles, pode haver uma sobrecarga. Quando utilizado com vários equipamentos elétricos ligados, há a possibilidade de um curto-circuito. Além disso, algumas pessoas deixam objetos muito próximos do aparelho, como mantas e cobertores, que podem cair, aquecer e provocar um incêndio”, completou.

Se já é preciso ter cuidado com esses equipamentos, improvisar um “aquecedor caseiro” é inadmissível quando se trata de segurança, segundo a Defesa Civil. “Existe uma prática não muito usada hoje que é colocar o álcool em uma vasilha e botar fogo para esquentar o banheiro, por exemplo. Desse combustível também é liberado uma pequena quantidade de monóxido de carbono, causando riscos”, finalizou.

Alípio ainda ressaltou que, se necessário, a população pode pedir apoio pelos telefones 199 da Defesa Civil, 153 da Guarda Municipal e 193 do Corpo de Bombeiros.

 




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

PATROCINADORES
Redes Sociais


Estatísticas
Visitas: 12402 Usuários Online: 13


CURTA NOSSA PÁGINA

Parceiros



Copyright (c) 2018 - CAPITAL RÁDIO WEB - Todos os direitos reservados